Comunicação
Instituto Todos pela Saúde nasce para ajudar o Brasil a se preparar para o enfrentamento de futuras pandemias
Notícias do ITpS

Instituto Todos pela Saúde nasce para ajudar o Brasil a se preparar para o enfrentamento de futuras pandemias

01.03.2021

O Instituto Todos pela Saúde (ITpS) é uma entidade sem fins lucrativos criada em fevereiro de 2021 com o objetivo de ajudar o Brasil a se preparar para o enfrentamento das futuras emergências sanitárias.  O ITpS iniciou os seus trabalhos com uma doação de R$ 200 milhões, feita pelo Itaú Unibanco, e tem como parceiros a Academia Brasileira de Ciências (ABC), a Academia Nacional de Medicina (ANM), a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês e a Sociedade Brasileira Israelita Albert Einstein.


O ITpS atuará em várias frentes, focado na missão e articular uma rede de vigilância epidemiológica capaz de monitorar e prever futuros surtos, epidemias e pandemias, como a do novo SARS-CoV-2. Para se ter uma ideia da fragilidade do sistema, a variante gama do novo coronavírus, conhecida como P1 ou cepa de Manaus, foi sequenciada e identificada ao mesmo tempo pelo Brasil e pelo Japão três meses depois do início da circulação em solo brasileiro. Em 2015, quando o país enfrentou a epidemia do vírus zika, foram necessários 18 meses para que o sistema de vigilância apontasse que não se tratava de dengue.


O ITpS tem um conselho administrativo e um comitê científico, que trabalham alinhados para orientar o apoio a pesquisas científicas relevantes que possam dar respostas rápidas e embasar políticas públicas. Outra estratégia do Instituto será incentivar a formação de profissionais para trabalhar com epidemiologia genômica e vigilância epidemiológica.


Integram o comitê científico do Instituto (em ordem alfabética): o biólogo Adalberto Luís Val, professor e pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa); Ana Tereza Ribeiro de Vasconcelos, pesquisadora do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC); o epidemiologista Cesar Gomes Victora, professor do Centro de Pesquisa em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas (presidente do comitê); o infectologista Esper Kallas, professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP); a imunologista Ester Sabino, professora da Faculdade de Medicina da USP; o imunologista Luiz Vicente Rizzo, diretor superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein; o pediatra e médico sanitarista Paulo Buss, coordenador-geral do Centro de Relações Internacionais da Fiocruz; e o virologista Pedro Vasconcelos, professor da Universidade do Estado do Pará (Uepa). O imunologista Jorge Kalil, professor da USP e diretor do Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor), é o diretor-presidente do ITpS.


O conselho administrativo do ITpS é composto por Pedro Moreira Salles, copresidente do conselho de administração do Itaú Unibanco Holding e presidente do conselho de administração do Instituto Unibanco; Claudia Politanski, ex-vice-presidente do Itaú que liderou o Movimento Todos pela Saúde; Paulo Chapchap, coordenador do Grupo de Transplante do Hospital Sírio-Libanês; Cesar Gomes Victora, que também compõe o comitê científico; Cristiana Toscano, infectologista, professora da Universidade Federal de Goiás e membro do Grupo Estratégico Internacional de Especialistas em Vacinação da Organização Mundial da Saúde (OMS); Eugênio Vilaça Mendes, consultor em saúde pública da Organização Panamericana de Saúde (Opas); Gonzalo Vecina Neto, médico sanitarista, fundador e primeiro presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); João Fernando Gomes de Oliveira, cofundador e primeiro presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii); Marcia Castro, demógrafa, pesquisadora em Harvard; e Paulo Ribeiro Barbosa, diretor presidente do Instituto de Biologia Molecular do Paraná, ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).


Iniciativa Todos pela Saúde


O ITpS tem origem na iniciativa Todos pela Saúde, que articulou em 2020 um fundo de R$ 1,2 bilhão para a mitigação dos efeitos da pandemia do novo coronavírus. Os recursos, R$ 1 bilhão doado pelo Itaú Unibanco e cerca de R$ 200 milhões por acionistas, foram investidos em campanhas de comunicação sobre a importância do uso de máscara, na compra de equipamentos de proteção individual (EPIs), oxigênio, respiradores e também na realização de pesquisas científicas, que estão em andamento no país.

Instituto Todos pela Saúde (ITpS) Av. Paulista, 1.938 – 16º andar
São Paulo - SP – 01310-942