Comunicação
ITpS lança carta-convite para apoiar estudos sobre covid-19
Notícias

ITpS lança carta-convite para apoiar estudos sobre covid-19

21.09.2021

O Instituto Todos pela Saúde (ITpS) lança nesta sexta-feira, 1° de outubro, sua primeira carta-convite para apoiar grupos de cientistas que desenvolvam pesquisas sobre covid-19 e queiram trabalhar em rede, em um modelo de ciência colaborativa. O objetivo é obter informações sobre populações vacinadas contra o SARS-CoV-2 e também recuperadas da covid-19, dentro da linha de atuação de estudos de coortes, para orientar a tomada de decisões estratégicas em políticas públicas.


Nos coortes de vacinados contra SARS-CoV-2, o ITpS quer integrar e analisar dados sobre:



  • Quais são os riscos de infecção, de desenvolver a covid-19, de hospitalização e de morte conforme o tipo de imunizante recebido, o número de doses aplicadas, o espaçamento entre essas doses e o tempo de ocorrência do fato a partir da imunização, além de região do país, sexo, etnia e comorbidades das pessoas que participam do estudo

  • Qual a distribuição das variantes entre os infectados

  • Tipos e frequência de efeitos colaterais


E nos chamados coortes de sobreviventes (não vacinados), o ITpS quer integrar e analisar dados sobre:



  • Quais são os riscos de infecção, de desenvolver a covid-19, de hospitalização e de morte conforme o tempo desde a primeira infecção e gravidade dos sintomas, além de região do país, sexo, etnia e comorbidades das pessoas que participam do estudo

  • Qual a distribuição das variantes entre os recuperados

  • Natureza, frequência, gravidade e duração de sintomas persistentes (covid longa)


Os interessados devem se inscrever para um processo de pré-seleção, sendo os escolhidos convidados a apresentar uma proposta. Os grupos precisam ter infraestrutura e profissionais próprios e qualificados para o desenvolvimento dos estudos. Não serão elegíveis coortes ainda não iniciados e que não possam demonstrar resultados prévios. Os grupos aprovados receberão recursos financeiros por um período de dois anos, assumindo o compromisso de integração de dados com o ITpS. São recursos financiáveis bolsas, material de consumo/insumos, viagens (diárias, passagens e despesas de locomoção), serviços de terceiros (pessoas física e jurídica), despesas de suportes operacional e outros gastos correntes. 


Os grupos interessados em receber o edital podem escrever para o e-mail chamadas.itps@itps.org.br.


A atuação do ITpS


O Instituto Todos pela Saúde (ITpS) é uma entidade sem fins lucrativos criada em fevereiro de 2021 com o objetivo de ajudar o Brasil a articular redes e desenvolver competências que ajudem no preparo para o enfrentamento das futuras emergências sanitárias, como surtos, epidemias e pandemias. O ITpS iniciou os trabalhos com um aporte de R$ 200 milhões feito com recursos da iniciativa Todos pela Saúde, criada em 2020 e que teve o Itaú Unibanco como principal doador. São parceiros institucionais a Academia Brasileira de Ciências (ABC), Academia Nacional de Medicina (ANM), a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP),  a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e a Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês.


O ITpS atua em três frentes: 



  • Fortalecimento de redes de vigilância epidemiológica - Articular redes para a obtenção de informações científicas relevantes à saúde pública e cobrir lacunas relacionadas à baixa capacidade de sequenciamento genômico.

  • Análise de dados - Promover análise e integração de bancos de dados para influenciar políticas públicas baseadas em evidências científicas.

  • Formação e informação - Desenvolver profissionais que atuem com vigilância epidemiológica, genômica e análise de dados ligados a doenças infecciosas. Tornar públicos os dados científicos.


À frente do ITpS


Renomados pesquisadores, professores e gestores integram o conselho administrativo, o comitê científico e a direção do ITpS, que tem o imunologista Jorge Kalil como diretor-presidente. Professor titular de Imunologia Clínica e Alergia da Faculdade de Medicina da USP, Kalil é diretor do serviço de Imunologia Clínica e Alergia do Hospital das Clínicas de São Paulo e do Laboratório de Imunologia do Hospital do Coração (HCor). É membro do Conselho de Gestão de Dados e Segurança, grupo criado pelo governo dos Estados Unidos para supervisionar os testes de vacinas anti-covid-19 no país. Foi presidente do Instituto do Coração (2006-2008) e diretor do Instituto Butantan (2011-2017).

Instituto Todos pela Saúde (ITpS) Av. Paulista, 1.938 – 16º andar
São Paulo - SP – 01310-942